Enviar notícia:

Nome:
Email:
Notícia:




Comece a Programar com Object Pascal

15 de Outubro de 2011. O livro de Motaz Abdel Azeem está à venda aqui.

Desenvolvendo Aplicativos com Lazarus

11 de Junho de 2011. O livro de Jean Patrick já está à venda. Aqui

Lazarus Complete Guide

1 de Junho de 2011. Publicada a versão em inglês do livro. Aqui.

Lazarus, o livro

O primeiro livro sobre Lazarus. 766 páginas em alemão. Aqui.

PressObjects, Sure (OOP: MVP, OPF, BO)

Olá pessoal,

Acredito que muitos aqui já conhecem o PressObjects -- www.pressobjects.org -- trata-se de um SDK composto por diversos frameworks. O Press pode ser compilado com FreePascal ou Delphi, está sendo escrito de forma totalmente desacoplada de bibliotecas e independente de plataforma.

Atualmente recebi através da lista do Press a notícia sobre um sistema feito com este framework. O que me chamou a atenção foi com o fato do desenvolvedor -- João Henrique -- estar trabalhando no projeto assiduamente, bem como ser atualmente o maior colaborador do Press (correções de possíveis bugs, traduções...).

O projeto atende pelo nome Sure, e está disponível neste repositório https://sourceforge.net/projects/sure/develop; para os que preferem acompanhar através de snapshots, as novas compilações serão disponibilizadas aqui https://sourceforge.net/projects/sure/files/.

*O que eu ganho com Press, Sure?!*

Todos os recursos que a OOP oferece (OPF, OR, MVP, BO...) com um Object Pascal avançado (os novatos, como eu, não precisam se assustar; garimpem o wiki e façam testes com os projetos, é 100% grátis ;-) ); desenvolver em Cross-X, onde o X pode ser o SGBD, SO, Lib gráfica, IDE e etc., usando Object Pascal puro e de forma inteligente.

Para os que já conhecem o PressObjects, o Sure trará novas abordagens sobre o framework, para os que estão começando agora (como eu), vale a pena acompanhar a evolução PressObjects, e do Sure que atualmente esta precisando de colaboradores para portá-lo para o Lazarus, bem como construir mais funcionalidades, testar, opinar, e criticar de forma construtiva.

Boa sorte, e um grande abraço a todos,
Comunidade PressObjects.

Vote no Lazarus !!

23 de Junho de 2009. Pela primeira vez na história do nosso projeto o Lazarus foi nomeado para o Community Choice Award do SorceForge na categoria Melhor Ferramenta ou Utilitário para Desenvolvedores. Vote pelo Lazarus aqui.

Siages, CaC , VMG  têm páginas na LazarusBrasil.org

5 de Maio de 2008. Siages, Catch and Convert, Virtual Magnifying Glass e Peazip têm suas páginas na LazarusBrasil.org. A iniciativa faz parte de um programa de apoio da LazarusBrasil.org às aplicações feitas em Lazarus.

GTK2 planejado para não antes do Lazarus 1.2

10 de Fevereiro de 2008. (do blog do Vincent) Às vezes perguntam: por que os desenvolvedores do Lazarus não querem consertar os bugs do GTK2 antes do Lazarus 1.0?

Os desenvolvedores do Lazarus têm recursos limitados, assim, para ter o Lazarus 1.0 tão logo quanto possível, algumas decisões foram tomadas no sentido de redizir o escopo do Lazarus 1.0. Algumas delas são mencionadas na wiki.

Basicamente, isto significa que pensamos que não são necessários novos recursos para o Lazarus 1.0. Isto não significa que não haverá novos recursos até então, mas que não iremos atrasar a liberação do Lazarus 1.0 por causa deles.

A interface gtk2 poderia ser considerada como uma feature também, porque na maioria dos casos, a interface gtk1 funciona bem ou melhor (exceto que ela parece estar datada). Devo admitir que ela está cada vez mais incomodativa recentemente, porque algumas distribuições agora só vêm com gtk2. Atualmente o gtk widgetset está mais estável e tem menos bugs do que com o gtk2 do Lazarus. Até que essa situação mude, o gtk1 continuará a ser o padrão. Logo que gtk2 for melhor (ou seja, menos bugs e mais estáveis) do que gtk1, virá o padrão. Mas esta não é uma prioridade para a equipe do Lazarus, que está bastante concentrada em outros bugs.

Felizmente o Lazarus é de código aberto e com suas contribuições você pode orientar o caminho do Lazarus. Por exemplo Andrew Haines e Ales Katona entenderam isto e  têm contribuído bastane com  patches gtk2, tentando melhorar o  widgetset gtk2, de modo que ele se torne o padrão para Lazarus 1.0. Se alguma outras pessoas começarem a ajudar, não tenho qualquer dúvida de que Lazarus 1.0 acabará por ser em gtk2.

Nova enquete  no site do Lazarus sobre versões do Windows

29 de Outubro de 2007. (do blog do Vincent) Há pouco tempo eu estive tentando consertar a recompilação do Lazarus (precisava instalar componentes) a partir da IDE. No Windows 2000 ou superior, usar arquivos RC sem o Winres no path está funcionando, mas no Windows 98 há ainda alguns problemas.

Marc fez uma grande reestruturação no código gráfico do Lazarus 0.9.23 e ele também notou que há diferenças perceptíveis entre o Windows 98 e o Windows XP.

Eu gostaria de saber se há ainda muita gente usando o Windows 98 ou ME para desenvolvimento com o Lazarus ou como "target OS" para aplicações LCL. Então eu criei uma nova enquete no website do Lazarus perguntando sobre a versão mais antiga usada para desenvolvimento com o Lazarus.

Atualmente, quando programamos na interface Win32, nós procuramos usar somente funções disponíveis no Windows 95. Algumas características como imagens, suporte a Unicode, o shell fornecido pelo cmd32.exe e a disponibilidade de console (usado para o depurador) são melhores e mais fáceis no Windows 2000 ou superior. Então seria bom que nos restrigíssemos a essas versões mais recentes do Windows.

Pessoalmente eu não acho que possamos descontinuar o suporte ao Windows 98 ainda, mas eu duvido que alguém ainda esteja usando o Windows 95 para desenvolver com o Lazarus. Assim, diga-nos qual a sua versão e deposite o seu vote na enquete. Ela é sobre o sistema operacional que você usa com o Lazarus, uma enquete futura pode ser feita sobre a versão do Windows em que você quer rodar a sua aplicação.

Nota: quem não usa o Lazarus no Windows não precisa votar.

Data de lançamento do Lazarus 0.9.24

21 de Setembro de 2007. (do blog do Vincent) Um dos segredos mais bem guardados na comunidade do Lazarus é a data de publicação do Lazarus 0.9.24. Às vezes as pessoas perguntam quando será o lançamento da próxima versão do Lazarus. A única resposta correta é: "quando ficar pronta". E nem mesmo os desenvolvedores sabem quando será.

Afortunadamente, nós temos um critério para isto.  Queremos que a nova versão seja tão boa quanto a anterior e as coisas que funcionam na 0.9.22 precisam funcionar na 0.9.24. Se alguma coisa não funciona e é encontrada por quem usa os snapshots, nós pedimos para que ele crie um relatório de bug no Lazarus BugTracker. Regressões assim são marcadas como "LazTarget 0.9.24".  Na página View Issues do Bug Tracker você pode filtrar para visualizar somente estes eventos. A lista dos eventos 0.9.24 está atualmente com 23 itens, a maioria deles já designada para algum desenvolvedor. A lista também contém patches de contribuição de  usuários do Lazarus que nós queremos incluir na próxima publicação. Atualmente a lista é longa demais para fornecer uma estimativa confiável da data da próxima versão do Lazarus.

Nos estágios finais antes do lançamento e durante a preparação do lançamento nós usamos a página Detailed ToDo  da wiki como check-list.

Você pode estar curioso de saber se nada está acontecendo no front do Lazarus. A verdade é que muita coisa foi feita desde a versão 0.9.22. Quase 200 bugs foram corrigidos (veja o Changelog no Bug Tracker) no Lazarus 0.9.23 e mais de 1300 SVN commits foram feitos. Você pode acompanhar os SVN commits para o repositório SVN do Lazarus pelo RSS ou pela página do Lazarus em CIA.vc.

Os snapshots que desaparecem

17 de Setembro de 2007. (do blog do Vincent). De tempos em tempos, os snapshots do Lazarus  no Scenergy desaparecem. Isso provavelmente acontece quando dois servidores fazem o upload de uma nova versão ao mesmo tempo. O processo de atualização tem provavelmente os seguintes passos:

  • Eliminar os arquivos atualmente no diretório temporário.
  • Copiar os arquivos do diretório de FTP para o diretório temporário.
  • Remover o snapshot antigo.
  • Adicionar o snapshot novo.
  • Transferir incrementalmente, pelo RSync, o diretório temporário para o diretório de FTP.

O diretório temporário é o mesmo para todas as operações de upload. Neste momento, se um servidor está no passo 4 e um segundo servidor inicia o passo 1, a tarefa do RSync vai terminar rapidamente com nenhum arquivo a copiar. 

Para um snapshot normal este não é um grande problema, eles vão ser regenerados em 24 horas. Mas ocasionalmente eu faço o upload de um cross-instalador de WinCE também e ele não se atualiza automaticamente ainda. Assim, até que este problema seja resolvido (provavelmente adotando alguma trava ou usando diferentes diretórios temporários), eu estou pondo o último snapshot de WinCE no SourceForge, no pacote do Lazarus Testing.

Algumas estatísticas

1o. de Setembro de 2007. (do blog do Vincent) Duas semanas atrás eu iniciei um repositório Ubuntu DEB para  lançamentos do Lazarus. Fiquei curioso de saber o quanto eles eram usados e pedi ao administrador do servidor para instalar o Webalizer nele (seu nome é Scenergy). Nestas duas semanas o repositório gerou 15 GB de tráfego e a arquitetura i386 é ainda a preferida. Scenergy é também um dos servidores de snapshot do Lazarus. Então eu adicionei as estatísticas de FTP também. Em Agosto este servidor descarregou 50 GB de snapshots. O mesmo servidor de FTP tem lançamentos do FPC também e o instalador Windows do FPC 2.0.4 causou 43% do tráfego: 128 GB. Imagens interessantes...

Repositório de Ubuntu

18 de Agosto de 2007. Desde hoje, os usuários de Ubuntu podem instalar a última versão do Lazarus do repositório de Ubuntu. A versão 0.9.22 foi somente para i386, a próxima, 0.9.24, estará disponível para x86_64 também. 

Licença para aplicações

07 de Janeiro de 2005. Foi notado que a forma da licença da LCL deixa algumas dúvidas em relação às intenções dos desenvolvedores do Lazarus. Para deixar estas intenções mais claras, a exceção feita no arquivo COPYING.modifiedLGPL foi atualizada com um texto de "exceção-de-vínculo" que é mais claro e está mais de acordo com a visão dos desenvolvedores do Lazarus.